sábado, 7 de maio de 2016

Dueto

"Consta nos astros, nos signos, nos búzios
Eu li num anúncio, eu vi no espelho, tá lá no evangelho, garantem os orixás
Serás o meu amor, serás a minha paz
Consta nos autos, nas bulas, nos dogmas
Eu fiz uma tese, eu li num tratado, está computado nos dados oficiais
Serás o meu amor, serás a minha paz
Mas se a ciência provar o contrário, e se o calendário nos contrariarMas se o destino insistir em nos separar
Danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas
Os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetosProfetas, sinopses, espelhos, conselhosSe dane o evangelho e todos os orixás
Serás o meu amor, serás, amor, a minha paz
Consta na pauta, no Karma, na carne, passou na novela
Está no seguro, pixaram no muro, mandei fazer um cartaz
Serás o meu amor, serás a minha paz
Mas se a ciência provar o contrário, e se o calendário nos contrariarMas se o destino insistir em nos separar
Danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas
Os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetos
Profetas, sinopses, espelhos, conselhosSe dane o evangelho e todos os orixás
Serás o meu amor, serás, amor, a minha paz
Consta nos mapas, nos lábios, nos lápis
Consta nos Ovnis, no Pravda, na Vodca"

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Somente pedras, pedras e pedras.

As pedras brutas que não querem ser lapidadas continuam lindas. Eu acredito que o tempo faz seu trabalho de moldar do jeito que é pra ser. A fragilidade está em ser o que ela é. Eu sou apaixonada por elas. Por todo lugar que passo, “cato” uma pedrinha no chão. Virou vício já. E eu gosto. Gosto de como os rumos se formam com ou sem distância, gosto de como os pensamentos se cruzam. Gosto de muita coisa, principalmente de gostar. A pedra exposta ao fogo, terra, água e ar, ao doce tempo, vai carregar com ela todo o ensinamento de cada força ensinada por Gaya. Pra vida toda. A sabedoria é a melhor forma de lapidação. Que com o final dessa palavra “lapidação”, termina com “ÇÃO” de coração. Lembrei disso agora.
Coração... Amor...

 A liberdade que é o amar é o bem que se faz o tempo todo a quem a gente ama. Eu amo. Deixo. Amo e deixo. Deixo e amo. Sem bolos e nem mãos em massas invisíveis, somente pedras, pedras e pedras. Elas e suas formosuras. Texturas, cheiros, pesos, cores, pedras. Suaviza a mente, o corpo e tudo o que existe. O planeta terra, por exemplo, é uma pequena pedra flutuando no “chão” da nossa galáxia, junto com muitos outros planetas que também são pedacinhos de pedras. Tá tudo bem. Lembrem-se de que as pedras são lindas e que o tempo molda com amor uma por uma, como sempre foi e sempre será.


sábado, 12 de setembro de 2015

 É o Que Me Interessa.
(Lenine)

Daqui desse momento
Do meu olhar pra fora
O mundo é só miragem
A sombra do futuro
A sobra do passado
Assombram a paisagem

Quem vai virar o jogo
E transformar a perda
Em nossa recompensa
Quando eu olhar pro lado
Eu quero estar cercado
Só de quem me interessa

Às vezes é um instante
A tarde faz silêncio
O vento sopra a meu favor
Às vezes eu pressinto
E é como uma saudade
De um tempo que ainda não passou

Me traz o teu sossego
Atrasa o meu relógio
Acalma a minha pressa
Me dá sua palavra
Sussurra em meu ouvido
Só o que me interessa

A lógica do vento
O caos do pensamento
A paz na solidão
A órbita do tempo
A pausa do retrato
A voz da intuição

A curva do universo
A fórmula do acaso
O alcance da promessa
O salto do desejo
O agora e o infinito
Só o que me interessa



terça-feira, 2 de junho de 2015

A água da chuva, o vento do norte, corpo nu, traços finos e minha sorte. 

quinta-feira, 28 de maio de 2015

É Tempo.
É tempo que corre.
É tempo que corre do tempo.
É tempo que corre pro tempo.
De antes, de agora, tempo.
                          Tic-Tac.                             

quinta-feira, 21 de maio de 2015

O primeiro fósforo riscado, pro café amargo das horas.
De depois.

De depois das horas.
Pro tempo de agora,
meu amor.


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Paz e além.

Luz dos olhos meus.
Luz teus olhos, meus.
O teu amor... a minha paz.

Braços que são meus.
Abraços seus e meus.
O nosso amor... a nossa paz.

Maior que o céu.
Além do mar.
O teu sorriso, alegra o meu cantar.
Transforma os meus dias:
nosso amor.
nossa paz.
nosso sonhar.

Luz dos olhos teus.
Luz meus olhos, teus.
O meu amor, a tua paz.

Carinhos que são teus.
Sorrisos teus e meus.
Nosso infinito e a lua a brilhar.

Maior que o céu.
Além do mar.
O teu sorriso, alegra o meu cantar.
Transforma os meus dias:
nosso amor.
nosso sol.
nosso acordar.